Procurando algo?

28/03/2013

Propagandas de cosméticos: a nova ditadura da beleza no Brasil

Não aguento mais abrir um vídeo no youtube e ver sempre o mesmo tipo de propaganda: é produto para o cabelo, é creme que faz milagre, maquiagem, esmalte... e é claro, tem sempre uma mulher linda, com a cara entupida de maquiagem, photoshop e chapinha.

Nem todas as mulheres vivem em prol da beleza. Para pintar o cabelo, fazer as unhas, passar maquiagem e fingir que está tudo perfeito assim, quando estão "lindas e maravilhosas". E não, isso não significa ser desleixada. Isso também é ser mulher.

A imagem da mulher feminina, com lábios rosados, cabelos lisos e perfeitos, pele impecável e sem gordura em nenhuma parte do corpo não passa de uma criação. Mulheres não nascem assim. Mulheres precisam de muitos artifícios para alcançarem essa imagem criada.

E o que acontece com quem se sente feia, tem baixa estima, e só vê mulheres irreais na TV e na internet - meros trabalhos de photoshop? 

Cadê o estimulo ao amor próprio e pelas pessoas do jeito que elas são? Cadê o nosso senso critico, a nossa inteligência e a nossa capacidade de raciocinar? Perderam-se nas dietas malucas das adolescentes que idealizaram as propagandas que vêm na TV.

Isso tudo é apenas mais uma forma de controlar o consumo de boa parte das mulheres e de auxiliar indústrias a lucrarem bastante as nossas custas. 
E afinal, o que é mais importante: a nossa essência ou a nossa aparência?


6 comentários:

  1. Eu vi uma de perfume "Tem a mulher super ultra mega top das top por que usa esse produto! e tem a mulher café com leite" Quando vi essa propaganda tive o mesmo pensamento dessa postagem

    *Claro que não usaram essas palavras rs

    ResponderExcluir
  2. Eu concordo com você. Sou negra, de cabelo crespo, entupo meu cabelo de químicas. Queria assumir o crespo mas confesso que esse padrão de beleza e a minha falta de audácia atraipalha muito. Ainda sim, eu gosto muito dos comerciais de maquiagem de beleza da O boticário, eles vendem um produto e uma ideologia junto "seja diferente", "fique linda pra você mesmo" e por fim "se sentir bonita é mais importante do que ser bonita".

    Amei seu texto, super concordo e assino em baixo. • meu blog •

    ResponderExcluir
  3. Concordo, compro produtos para estética sim, mas sou noiada com isso. Saio sem maquiagem, só uso para eventos muito importantes, não uso chapinha constantemente, não faço quimícas para alisar o cabelo, gosto dos meus cachos e não sou tão cuidadosa com cabelo. Adoro meus pijamas velhos e saio na rua sem me preocupar muito com essas ditaduras. O importante está em quem eu sou e não em quem aparento ser.

    ResponderExcluir
  4. Gostei do texto! Eu confesso que sou muito vaidosa, mas não tenho problema nenhum em sair sem make, toda bagunçada e tal! kk Acho que podemos ser vaidosas sem deixar isso subir à cabeça, mas a mídia não ajuda né?

    ResponderExcluir
  5. E digo mais, pra quem tem cabelo crespo/cacheado, como eu, é ainda pior. Só vemos belas mulheres com seus cabelos lisos e sedosos por aí. Ainda bem que isso nunca me influenciou, sempre usei meu cabelo cacheado.

    www.alinefranca.com

    ResponderExcluir

Quem escreve?

Professora, tradutora e micro empresária da UP Língua Inglesa. Chama-se Martina Domingues, tem 23 anos e nasceu em Florianópolis - SC. Viajada, aventureira e blogueira nas horas vagas. Ama música, adora decorar a casa e também gosta muito de escrever. É na madrugada que ela geralmente vem aqui para escrever sobre qualquer coisa ou compartilhar o que acha pela internet com vocês.