Procurando algo?

27/01/2015

Reality show desafia blogueiras de moda a morar e trabalhar em oficinas de confecção em regime escravo

O que acontece quando três jovens noruegueses são enviados para conhecer aqueles que costuram suas roupas?
Para responder essa pergunta, um reality show resolveu fazer com que blogueiros de moda
vivessem como um típico trabalhador da indústria têxtil no Camboja.


Frida, Ludvig e Anniken abandonaram sua confortável vida na Noruega em troca de um mês de trabalho em uma fábrica têxtil em Phnom Penh, capital do país, em um reality show produzido pelo jornal norueguês Aftenposten.
"Sweatshop Deadly Fashion" procura mostrar a rotina dos trabalhadores nas "sweatshops", fábricas têxteis com baixos salários e péssimas condições de trabalho.

"Você senta na sua cama na Noruega e ouve sobre todos que sofrem. Você vê as notícias, ouve todo tipo de coisa. Então eu dizia para mim mesma que existe muita gente que nasce para fazer uma só coisa na vida, e é isso", diz Anniken no começo da série.

Após viver a rotina dos trabalhadores no Camboja, a blogueira, que costumava gastar 600 euros por mês em roupas até ganhar algumas de graça por seu trabalho, diz: "Eu não aguento mais. Que tipo de vida é essa?"
Entre as dificuldades encontradas, os jovens destacam que a casa de uma das trabalhadoras da fábrica é menor que os banheiros que eles têm na Noruega.

Os blogueiros também têm de se virar para comprar produtos básicos com o baixo salário recebido nas fábricas, após uma jornada de trabalho de quase 12 horas por dia.

Para assistir aos cinco episódios da série clique aqui.

Veja, abaixo, o trailer de "Sweatshop Deadly Fashion" (legendas em inglês):

Um comentário:

  1. É isso ai, querida, a vida não é tão cor de rosa como a gente imagina.

    ResponderExcluir

Quem escreve?

Professora, estudante do curso de Letras - Língua Portuguesa da UFSC e micro empresária da UP Língua Inglesa. Chama-se Martina Domingues, tem 23 anos e nasceu em Florianópolis - SC. Viajada, aventureira e blogueira nas horas vagas. Ama música, adora decorar a casa e também gosta muito de escrever. É na madrugada que ela geralmente vem aqui para escrever sobre qualquer coisa ou compartilhar o que acha pela internet com vocês.