Procurando algo?

10/03/2013

Por que as pessoas acreditam em "Deus"?

Por que as pessoas acreditam em religião? Por que as pessoas mudam os seus conceitos e a sua maneira própria de agir por causa dela?
Essas são perguntas que não se calam na minha concepção.
Eu acredito que o ser humano é muito dependente. Ele é dependente dos outros seres humanos para viver, para reproduzir e para ser feliz com sua familia e amigos ao redor.

Se Deus existe ou não, eu não sei! As vezes gosto de pensar que sim, as vezes não. É uma coisa muito louca...
Mas eu sei que quando estamos ali no aperto, todos nós acreditamos nele.
Existem estudos comprovados que dizem que
quem tem fé tem mais chances de viver melhor e ser feliz. Pessoas pessimistas só atraem coisas ruins. E não é verdade?
Eu, estudante de psicologia acredito que a fé é um mecanismo do ser humano para sobreviver. Exatamente.
Assim como as nossas relações com os esportes, ou com música, ou com a familia e os amigos (coisas quais gostamos e nos mantem vivos e querendo viver mais). Tudo isso nos dá (de forma direta ou indireta) esperanças para o futuro, ou seja, fé. E essa fé nos dá vida.
Até por que quem não tem fé nenhuma (nem em sí mesmo), mal vive a vida! Na verdade, morre mais rápido. Pessoas que não acreditam em sí mesmas, geralmente são fracas e sem expectativas para o futuro.
Por isso, gente, não custa nada acreditar (seja em você, seja em Deus, em Alá ou em qualquer outra entidade).
Agora, seguir religião não muda caráter. Assim como existem ateus bons, existem ateus ruins. Digo o mesmo para os católicos. Religião pode interferir na sua personalidade, nas suas relações com os outros, nos seus prazeres, nos seus conceitos, na sua rotina... Sem falar que, muita gente muda só para agradar.
Eu não mudo nunca para agradar ninguém (nem mesmo o meu namorado).
Acho que é melhor ser você mesmo, acreditar no seu "Deus" e seguir a vida com fé, com desejos e projetos para o futuro.
Até o proximo post.
Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem escreve?

Professora, estudante do curso de Letras - Língua Portuguesa da UFSC e micro empresária da UP Língua Inglesa. Chama-se Martina Domingues, tem 23 anos e nasceu em Florianópolis - SC. Viajada, aventureira e blogueira nas horas vagas. Ama música, adora decorar a casa e também gosta muito de escrever. É na madrugada que ela geralmente vem aqui para escrever sobre qualquer coisa ou compartilhar o que acha pela internet com vocês.