Procurando algo?

06/04/2015

Tudo tem a sua hora

"Tudo tem sua hora" é o que muitos dizem. Que mania prejudicial e ingênua de falar sobre a vida! Nada tem sua hora, as coisas simplesmente acontecem de acordo com as nossas ações. Logo, cada um tem a sua - individual - hora. Não há nenhum tipo de "horário padrão" para casar, começar a trabalhar, estudar ou viajar pelo mundo. Nós conquistamos esses desejos um dia ou outro, e não importa quando. O que importa é conseguirmos! Nunca é tarde de mais, e nem cedo de mais.
Cada um é cada um, e a vida é uma eterna busca pela felicidade e pelos nossos objetivos. Quem diz que já passou da hora, que é tarde de mais, que agora já não vale a pena não sabe o tamanho do orgulho e da felicidade que é alcançar um objetivo depois de 5, 10 ou 20 anos. A velhice é a desistência dos nossos objetivos. A juventude é tentar, falhar, tentar de novo e falhar de novo. E falhar quantas vezes for preciso para aprender e mudar na nossa hora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem escreve?

Uma professora de inglês e futura estudante de Letras na UFSC. Chama-se Martina Domingues, tem 22 anos e nasceu em Florianópolis - SC. Viajada, aventureira e blogueira nas horas vagas. Ama música, adora decorar a casa e também gosta muito de escrever. É na madrugada que ela geralmente vem aqui para escrever sobre qualquer coisa ou compartilhar o que acha pela internet com vocês.