Procurando algo?

30/08/2014

"Eu beijei uma garota e gostei disso"

A cantora de pop  Katy Perry não compôs nenhuma música anormal ou fora do padrão. Na verdade, ela e muitos outros artistas estão divulgando e apoiando o movimento GLST no mundo inteiro. Isso é muito bom por um lado, e um tanto ruim por outro.

Por que? Ora, estes artistas trabalham para um público adolescente e agora os adolescentes tem
mais experiências homossexuais do que na geração passada, associam a homossexualidade a algo "cool" e "descolado" e o termo bissexual começa a ser banalizado.
Logo, ser bissexual vira sinônimo de querer chamar atenção, ser liberal e até - como eu mencionei acima - ser descolado.

Hoje em dia, os adolescentes tem mais liberdade, e isso é um aspecto positivo, por que não há tantos adolescentes escondidos no armário quanto havia nas gerações passadas.
Porém, o que acontece se o real significado das palavras forem aos poucos se perdendo? E o que acontece se toda essa liberdade ocorrer sem responsabilidade?
Atualmente, páginas como "Orgulho Hetero" surgem nas redes sociais, devido a propagação da homossexualidade na mídia.

Esta propagação ocorre de forma massiva (nas novelas e no mundo da música) para combater o preconceito, e não para divulgar a homossexualidade como algo "descolado" e "cool". Descolado é ser você mesmo, sem precisar ter medo de sofrer preconceito e ser julgado na sociedade. No entanto, parece que a mídia lucra mais vendendo a imagem da homossexualidade como algo divertido. Mas será que isso realmente combate o preconceito?

Eu não sei, só sei que a nova "moda bissexual" entre os adolescentes das grandes capitais não nos leva a lugar nenhum, se não a ignorância sobre a real sexualidade.
Ser gay é exatamente como ser hetero. Todos nós somos seres humanos, a diferença esta na forma que somos tratados. E sinceramente, ninguém gosta de ser tratado diferente  - mesmo que de uma forma positiva como esta começando a acontecer na mídia agora.

4 comentários:

  1. Olá Martina!
    Adorei o seu post e concordo com você em tudo, para ver também sobre tudo que você disse, até tem nas novelas hoje em dia sobre este assunto que virá até polêmica...
    bom, faz tempo não mexo no meu blog...até quero mudar a cara e muita coisa lá, só que não estou tendo muito tempo...mas por enquanto se quiser dar uma olhadinha...
    http://cacaulinhares.blogspot.com.br
    Parabéns e continue assim :)

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso post. Penso da mesma forma!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post! Concordo em numero e grau!

    ResponderExcluir
  4. na minha humide opinião, acredito que as vezes as novelas nem tanto, afinal, são poucos os jovens que assistem e acompanham, não culparia tbm a midia, ou musicos, existem pessoas que estão apenas lutando por direitos no mundo!
    conheço varias meninas que se diziam lesbicas assumidas na adolescencia, e hoje estão casadas! e com filhos. Acho que o erro esta quando muita gente abre a boca pra dizer que tem a curiosidade de experimentar algo porque a maioria ta fazendo. adolescentes em sua grande maioria são irresponsaveis mesmo, faz parte e ta na moda, é quase a coisa mais importante da vida de um. O problema, é que quase sempre, esses adolescentes sejam eles gays ou não, estão começando suas vidas sexuais muito cedo, e se relacionando muito rapido com pessoas tanto do mesmo sexo quanto não! A homossexualidade na verdade não é um problema, porque quem for fazer isso so ´prque o amigo fez, não vai seguir esse caminho por muito tempo.

    ResponderExcluir

Quem escreve?

Professora, tradutora e micro empresária da UP Língua Inglesa. Chama-se Martina Domingues, tem 23 anos e nasceu em Florianópolis - SC. Viajada, aventureira e blogueira nas horas vagas. Ama música, adora decorar a casa e também gosta muito de escrever. É na madrugada que ela geralmente vem aqui para escrever sobre qualquer coisa ou compartilhar o que acha pela internet com vocês.